martes, 6 de julio de 2010

Carta à Oração Missionária de Alameda Paulista.

Amados irmãos, la paz del Señor.

Em primeiro lugar quero agradecer vossas orações pela obra de missões e pela minha família. Deus diariamente tem respondido o clamor da nossa igreja que no Brasil ora e intercede ao Topo poderoso pelas almas perdidas.
É bem verdade que talvez não nos conheçamos todos pessoalmente (a pesar de que já estive na minha juventude varias vezes em Alameda), mas algo nos identifica e nos faz ser uma família; o Espírito Santo do nosso Deus. É muito importante quando entendemos que Ele não somente habita em cada um de nós como dirige a sua obra entre as nações.
Podemos ver claramente que o Espírito Santo tem assumido o controle da obra missionária que nós (missionários que vamos que contribuímos e que oramos) estamos levando a cabo. As almas estão se rendendo aos pés do Senhor, os enfermos estão sendo curados e o nome do Senhor tem sido glorificado.
Quero informar aos meus amados irmãos em Alameda, que tudo o que o Senhor tem feito, Ele mesmo tem feito, fomos apenas instrumentos, mas como todos sabem, os elogios vão sempre pra quem toca e não pra o instrumento que é usado por mais valor que tenha.
Nesses últimos cinco anos, em resposta também às vossas orações, o Senhor multiplicou o rebanho de 111 irmãos para mais de 700 servos de Deus. Éramos quatro obras e somos, agora, mais de 20. Estendemos-nos para mais três províncias e pela infinita misericórdia de Deus o nosso culto de domingo é transmitido pelo canal 13 de televisão. Uma vitória importante foi a abertura que Deus nos deu para a construção de quatro templos em diferentes cidades do Equador.
É importante recalcar que neste período Deus também operou poderosamente nas nossas vidas milagres e maravilhas curando minha esposa, missionária Rebeca, em duas ocasiões, de reumatismo e de uma fortíssima inflamação do nervo ciático que a deixou praticamente sem andar. Foram também momentos de muito júbilo em nossas vidas, pois nasceram nossas três filhas em solo equatoriano: Noemí, Dálete e Hadasa. Todas com a bênção do Senhor.
Pedimos aos amados que estejamos ainda mais unidos nessa tarefa porque praticamente não foi feito nada do que, sabemos, Deus quer realizar. O muito que foi feito não representa nem 1% dos habitantes das províncias onde trabalhamos. As 700 vidas que Deus nos deu, na verdade, são uma semente que estamos preparando, discipulando, ensinando e doutrinando para a grande colheita que profetizamos, no nome de Jesus, virá. Unidos: Alameda, minha família e toda nossa convenção, nós saquearemos o inferno levando almas para os pés do Senhor antes da gloriosa vinda Jesus para arrebatar sua igreja.
Visite o nosso blog http://assuerochagas.blogspot.com/ e os convidamos a acompanhar a gente em ORKUT e FACEBOOK.
La paz del Señor.
Assuero e Rebeca - Missionários

4 comentarios:

maria luize dijo...

A paz do Senhor irmão Assuero e irmã Rebeca.
Ficamos enormemente feliz por recebermos notícias suas e saber que as nossas orações tem chegado ao trono do pai em vosso favor.
nós que formamos a igreja da Alameda Paulista - convenção Abreu e Lima na direção de pastor Roberto e que temos como anjo da nossa igreja o Pastor Santana lhe agradecemos pela maravilhosa mensagem de fé e esperança. um grande abraço e que a paz do Senhor seja com todos voces.
irmãos Magnus e Cristane Almeida.

Misionero Assuero Chagas dijo...

Somo "1" em Cristo. Mande um grande abraço ao Pastor Santana, la paz del Señor.

magnus e cristiane dijo...

A paz do Senhor irmão Assuero e Rebeca, o recado do abraço no pastor Santana já foi passado. Em breve ele estará fazendo contato.
Hoje quinta feira 15/07 é dia de Círculo de oração Missionário aki em Alameda, estaremos juntos orando por vocês e todos os missionário espalhados pelo mundo.
um grande abraço
Magnus e Cristiane

Giselda dijo...

Queridos a Paz de Cristo! recebemos o abraço que nos enviastes e temos orado por vossa família e a obra missionária em Ecuador. Um forte abraço a todos!