lunes, 6 de febrero de 2012

Que faço quando falam mal de mim?


A Bíblia dá muitos conselhos para os que são vítimas de falatórios, críticas, denúncias ou mexericos. Para entendermos seria bom deixar bem definidos os termos, mas faremos isso em outra ocasião. Por hora ficaremos limitados a descobrir que fazer com quem está falando mal de vc.
Todos nós já fomos vítimas de falatórios, e eu gostaria de compartilhar três experiências que me ajudaram a crescer; falaram mal de mim e me ajudaram a ser quem sou hoje. 
O primeiro caso foi de uma pessoa que sempre aproveitava a minha ausência pra falar mal de mim. Isso acontece com todo mundo, é importante saber como comportar-nos nessa situação. Quando eu estava por perto era um fiel companheiro, isso me fazia sofrer muito, mas me ajudou a aprender. Então aprenda também. Não se preocupe se a pessoa que está falando mal de vc não tem autoridade moral. Quando eu fui descobrindo que o meu "amigo" usava de artifícios como a mentira, o adultério, entre outras ações, então o Espírito Santo me fez entender que um dia o oculto seria revelado e que verdade reluziria como a luz do sol ao meio dia. Primeira lição: Se a pessoa que fala mal de vc não tem autoridade moral, não se preocupe

O segundo caso, foi de outro que se dispôs a falar mal de mim também. Quanto mais me fui aproximando, mas fui vendo a razão pela qual ele tanto difamava. Vi que era extremamente corrupto, capaz de subornar a justiça, falsificar documentos e assinaturas, já enganou a muita gente, a sua inveja o movia, a sua cobiça o alimentava a sua avareza o sustentava. Porém quando falava, parecia um discípulo de Jesus, um anjo de luz então aprendi o seguinte: Nunca tome em conta uma pessoa pelo que aparenta ser no púlpito ou por trás de um microfone ou dentro de um paletó, veja a vida, os frutos, o testemunho, o exemplo de uma vida íntegra. 
O terceiro exemplo é o do grupo de amigos que Deus me deu. Homens como eu, com falhas, que necessitamos urgentemente aprender, até inclusive, sofrer para que aprendamos. Sempre criticam, falam de frente, reclamam, mas são pessoas cuja vida moral é, até agora, sem mancha. Exemplares, dos quais não se pode levantar nenhuma acusação sensata. 
Aprendi que devemos ter muito cuidado com quem fala mal de nós, se é uma pessoa que não quer o nosso bem, se não tem vida para falar, simplesmente não tomemos em conta a ofensa, apenas ignoremos. Não nos preocupemos com os invejosos, com os incompetentes, com os que não têm temor a Deus, eles não podem.
Aí se aplica o que está escrito: “Toda arma forjada contra ti não prosperará; toda língua que ousar contra ti em juízo, tu a condenarás; esta é a herança dos servos do Senhor e o seu direito que de mim procede, diz o Senhor.” Vc deve confiar, melhor se alegre, haverá galardão...
Mas si quem está falando mal de vc, o faz diretamente a vc, tem exemplo moral para falar, uma vida sem mancha e o faz com amor, tema. Não seja insensato ou cabeça-dura, mas sábio, ouça e tenha a humildade pra reconhecer que vc está errado.
Ouve o conselho e recebe a instrução, para que sejas sábio nos teus dias por vir. Provérbios 19.20
O homem que muitas vezes repreendido endurece a cerviz será quebrantado de repente sem que haja cura. Proverbios 29.1
É, portanto muito relativo o fato de que haja alguém falando mal de vc. Antes de pôr atenção no que estão falando, analise QUEM está falando para então resolver se vale a pena se preocupar. De outra forma deixe pra lá...

2 comentarios:

Kezia oliversl dijo...

É verdade.

Nágila Souza dijo...

Oh que benção,eu também sou da assembleia de Deus e fico feliz em conhecer vocês abençoados, boa postagem, eu me interessei bastante e tenho um blog quero pedir permissão para estar publicando essa msg no meu blog, porque infelizmente a muitos irmãos que falam mal dos outros.
meu blog é http://honrandoochamado.blogspot.com
Fica na Paz do Senhor