miércoles, 24 de agosto de 2011

TERREMOTO NO PERU - O primeiro desde que chegamos !!!


Prédio da Assembleia Legislativa do Acre foi esvaziado após tremor (Foto: AE)

Nosso primeiro terremoto no Peru, desde que chegamos, não sentimos estávamos dirigindo e o trânsito parou sem que soubéssemos que era por isso. Sengundo o IGP - Órgao peruano encarregado de medir abalos) foi sentido levemente na capital, Lima. Segue uma reportagem da agência internacional de notícias AFP:

Um terremoto de 7 graus na escala Richter sacudiu esta quarta-feira o território peruano e foi percebido claramente no Brasil, mas não provocou vítimas ou danos significativos, segundo as autoridades.

"O movimento foi de 7,0 graus na escala Richter às 12H46 (locais, 14H46 de Brasília), com epicentro (situado) 44 km a sudeste de Contamana (região de selva), a 149 km de profundidade", afirmou Hernando Tavera, chefe do Instituto Geofísico do Peru, à AFP.

O Observatório de Sismologia da Universidade de Brasília informou que o tremor foi sentido em algumas cidades e áreas povoadas do Acre, incluindo a capital Rio Branco, mas não há informação sobre danos na região.

"Foi um terremoto mais ou menos forte, o que significa que pode ser sentido em um raio de 1.000 km, mas como foi muito profundo e em uma área pouco povoada, o impacto acabou muito atenuado", disse à AFP a chefe do Observatório de Brasília, Lucas Vieira Barros.

Guillermo Alvizuri, diretor de operações da Defesa Civil, disse a meios de comunicação locais que "até o momento não há informação de danos materiais, ou vítimas. Neste momento, nenhuma das maiores cidades registrou danos, nem mesmo Pucallpa", capital mais próxima do epicentro, a 80 quilômetros do local.

"Foi sentido com força, mas não há danos reportados, exceto algumas interrupções em linhas telefônicas", acrescentou.

Segundo Alvizuri, as autoridades estão tentando entrar em contato com os povoados menores, como a própria Contamana, uma cidade de 17.000 habitantes, na Amazônia.

Tavera disse, por sua vez, que apesar de ter sido um sismo de 7 graus, não foi sentido com tanta força devido à profundidade do epicentro (149 km).

"Pode-se considerar que é um sismo de intensidade moderada pela profundidade que teve", disse Tavera.

"É o sismo mais forte que tivemos no Peru este ano e se deveu a um deslocamento da placa de Nazca", acrescentou, confirmando ser "pouco provável que tenham ocorrido danos".

Em Lima, o tremor foi sentido com intensidade regular, balançando por alguns segundos os edifícios mais altos.

jueves, 11 de agosto de 2011

Controle Total !!!

O avanço do controle total

Um software que denuncia crimes antes mesmo que sejam cometidos é ao mesmo tempo fascinante e assustador. Uma experiência no Sul da Inglaterra mostra que isso já é possível. Algo está sendo feito em busca da vigilância total.

No filme de ficção científica “Minority Report”, que se passa em 2054, crimes capitais como assassinatos não ocupam mais as manchetes. Uma unidade especial da polícia, chamada “Pré-Crime”, auxiliada por três paranormais, detecta todos os atos de violência antes que aconteçam, e prende os criminosos potenciais a tempo...

Os produtores desse filme de Hollywood se enganaram em apenas três aspectos: esses sistemas já existem hoje, e não somente em 2054. Segundo: no mundo real a tarefa dos “videntes” do filme é assumida por um software inteligente. E, em terceiro lugar: a história não se passa em Washington DC, mas em Portsmouth, no Sul da Inglaterra.

Essa cidade portuária de 200.000 habitantes, no condado de Hampshire, está testando há algum tempo um novo sistema de videovigilância. A característica especial: em vez dos métodos de vigilância normais, que requerem muito pessoal devidamente treinado, esse sistema usa um programa chamado “Perceptrak”, que busca comportamento suspeito nas imagens analisadas e aciona o alarme quando necessário.[1]

O relato também destaca que atualmente já há 4 milhões de câmeras de vigilância instaladas na Inglaterra, o que representa uma câmera para cada 14 habitantes. Em Londres, por exemplo, é grande a probabilidade de ser filmado até 300 vezes por dia. A organização de direitos civis “Liberty” está preocupada porque essa tecnologia oferece cada vez mais facilidades para o governo “vigiar cada passo do cidadão”.

O assustador nessa tecnologia é que o indivíduo sente-se cada vez mais vigiado e, em breve, poderá ter todos os passos seguidos. Aquilo que pode contribuir para a segurança do Estado forçosamente se tornará um fator de grande insegurança para o indivíduo. Mas é fascinante como a profecia bíblica se mostra atual, como seu cumprimento é exato e como a Palavra de Deus é verdadeira. Afirmações feitas há mais de 2000 anos estão se realizando diante dos nossos olhos. Algo está acontecendo, aproximando-nos cada vez mais rápido de Apocalipse 13. Está sendo criado um sistema que finalmente servirá de ferramenta ao vindouro Anticristo.

Já há 4 milhões de câmeras de vigilância instaladas na Inglaterra, o que representa uma câmera para cada 14 habitantes.

Se hoje em alguns lugares um cidadão já é filmado até 300 vezes num só dia, não é difícil imaginar a abrangência que o sistema anticristão terá.

Desde o começo o objetivo de Satanás era “ser como Deus”: “Subirei acima das mais altas nuvens e serei semelhante ao Altíssimo” (Is 14.14). Portanto, não é de admirar que o Diabo tenha seduzido o primeiro casal com este mesmo argumento: “Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se vos abrirão os olhos e, como Deus, sereis conhecedores do bem e do mal” (Gn 3.5).

Ser como Deus significa ser onipotente, onisciente e onipresente. Nenhum anjo, nenhum demônio, nem mesmo Satanás tem essas características. O sistema anticristão final tentará alcançar esse alvo. Todas as pessoas devem ser vigiáveis e influenciáveis em qualquer lugar em que estiverem. Isso dará ao Anticristo um poder imensurável. Pois aquele que tem controle total e consegue observar qualquer pessoa, também pode influenciar e determinar as ações de qualquer um. Ele pode tirar alguém do meio do trânsito, excluí-lo da sociedade, da vida em comunidade e isolá-lo. É exatamente o que a Bíblia prevê, a respeito do que já alertamos diversas vezes.

“Seduz os que habitam sobre a terra por causa dos sinais que lhe foi dado executar diante da besta, dizendo aos que habitam sobre a terra que façam uma imagem à besta, àquela que, ferida à espada, sobreviveu; e lhe foi dado comunicar fôlego à imagem da besta, para que não só a imagem falasse, como ainda fizesse morrer quantos não adorassem a imagem da besta. A todos, os pequenos e os grandes, os ricos e os pobres, os livres e os escravos, faz que lhes seja dada certa marca sobre a mão direita ou sobre a fronte, para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tem a marca, o nome da besta ou o número do seu nome. Aqui está a sabedoria. Aquele que tem entendimento calcule o número da besta, pois é número de homem. Ora, esse número é seiscentos e sessenta e seis” (Ap 13.14-18).

A última sedução virá pelo caminho da “sensatez”. Câmeras de vigilância ajudam a prevenir assaltos e seqüestros. Elas auxiliam a combater o terrorismo de forma eficiente e a esclarecer acidentes. Quem não concordaria que isso é bom? Mas o homem, influenciado pelo pecado, sempre consegue usar para o mal algo foi planejado para o bem. A descoberta da dinamite e da fissão atômica deveriam trazer progresso aos homens, mas foram abusadas e transformadas em formas terríveis de extermínio da humanidade.

Quanto mais o homem se separa de Deus, mais ele buscará a própria onipotência. Ao se fazer independente de Deus, ele mesmo se eleva como se fosse Deus. Mas, em vez de vida, ele encontra perdição e morte.

Se hoje os sistemas de controle já estão tão avançados em tantas áreas, e os desenvolvimentos são cada vez mais rápidos, quão próximo estará o cumprimento do Apocalipse e dos acontecimentos que ele descreve?

Entretanto, nós temos a promessa: “Não temais, ó pequenino rebanho; porque vosso Pai se agradou em dar-vos o seu reino” (Lc 12.32). (Norbert Lieth - http://www.chamada.com.br)

sábado, 6 de agosto de 2011

Silasmalafóbicos...


Você já deve ter ouvido falar em homofobia e o seu significado lógico e comum. A questão, é que com muita malícia ligada a certa nocividade e sutileza, ativistas gays e parte comprometida da nossa "grandiosa imprensa imparcial" (para não dizer o contrário), andam associando as pregações, preceitos e conceitos bíblicos a uma ideia discriminatória que eles mesmos distorcem na intenção de se tornarem "únicos", "privilegiados", "incriticáveis" e "intocáveis" (Não é gayan willyket?).

Em defesa da moral, da ética, dos bons costumes e da família (instituição divina), muitos honestamente (e corajosamente) têm se levantado para erguer essa bandeira, mostrando que discordar da prática sodomita e homossexual, não tem nada haver com o "tal ódio" que os próprios ativistas gays e adeptos propagam e promovem. Com isso, não será difícil encontrar pessoas que odeiam aqueles que prezam pela moralidade e pela família. Como acontece no caso do Pr. Silas Malafaia, que com muita hombridade, coragem e franqueza, luta contra os SILASMALAFÓBICOS (pessoais que se dizem amáveis, amorosas, mas que na verdade são intolerantes e desenvolvem uma série de atitudes e sentimentos malignos ou negativos em relação ao Pr. Silas Malafaia). Se muitos pudessem, já teriam calado ou matado o nobre pastor (isso a mídia não fala).

Agora, querem nos obrigar a assistir uma tentativa banal de criar um desastroso suposto 3º sexo (criado pelos "amáveis amorosos amantes") que serão adestrados a criticar livremente quem quer que seja (Deus, pastores, padres, presidente da república, deputado, senador, instituições) sem sofrer qualquer tipo de perseguição ou represália. É lamentável a situação em que se encontra parte da nossa sociedade. Aos SILASMALAFÓBICOS, um aviso: Cuidado! Todo o mal que vocês estão plantando, alimentarão a vocês mesmos num futuro muito próximo! Que Deus tenha misericórdia de todos vocês!








Missionário Elder de Morais

martes, 2 de agosto de 2011

Teto (limite) da divida americana, enfraquecimento do dólar e o anticristo.


Nos últimos dias o mundo esteve em suspense pelo grave problema da dívida americana. O perigo de um “default” (moratória em inglês), por parte da ainda, maior economia do mundo, soou como uma possibilidade real para os mercados financeiros, fazendo as bolsas despencarem pelo mundo a afora.

A economia americana há muitos anos vê, dia após dia, sua força ser cada vez menos produtiva. Com o baixo custo da mão de obra asiática, as grandes empresas têm instalado seus parques de produção no longínquo oriente,especialmente na China, deixando apenas, seus escritórios centrais no país do norte. Os Estados Unidos tem visto sua economia depender cada vez mais dos bens de serviços e alta tecnologia, áreas que não durante muito tempo dominaram no mundo, pois vemos muitos países se aproximando rapidamente ao nível da super potência. Além disso, os Estados Unidos tem se visto obrigado a gastar cada vez mais, e isso desde o governo de Reagan, quando praticamente tudo começou para a caída da maior economia de todos os tempos. As caríssimas guerras, a crise imobiliária, a maior crise econômica desde a grande depressão, somada às práticaseconômicas de Walt Street,só tem levado a um ponto: o enfraquecimento da maior economia do mundo. Em outras palavras, as menores arrecadações de impostos, o aumento escandaloso do gasto do governo, o surgimento de novas guerras e o perigo do terrorismo, tem levado a terra do tio San à beira do caos.

O teto da dívida foi elevado em 2,4 trilhões de dólares, e em dez anos a dívida americana será mais de 150% o valor do seu BIP. O ritmo de crescimento, na melhor das previsões não vai superar 1,5% ao ano nesse mesmo período. Enquanto isso os países emergentes como China, crescerão a um ritmo de 10% ao ano, Índia a 6% e Brasil a 4,5%.

O grande problema é o enfraquecimento do dólar, que leva quase todos os países do mundo, clientes fieis do FED (fundo de reserva dos Estados Unidos), os quais têm adquirido os famosos bônus do tesouro americano, à beira do desespero. Na verdade, países como a China, que um dia sonharam em ter cada vez mais influência sobre a tal famosa economia compra ndo sua dívida soberana, agora, já não sabem o que fazer com tanto papel, que dia após dia vai perdendo valor de forma meteórica. Todas as economias mundiais cujas reservas são em dólar, estão vendo dia após dia o modelo atual da economia se esgotar sem poder fazer muita coisa. A grande questão é: como deixar os Estados Unidos ruírem sem destruir os que aceitaram seus cheques?

Nesse contexto de loucura econômica, a poderosa palavra de Deus mais uma vez triunfa como a voz profética que vai brilhando em lugar tenebroso. Para o surgimento do “salvador” do planeta, como será reconhecido o anticristo, o mundo deve estar à beira do caos, mesmo que a maioria da população não perceba isso. Os mais poderosos governos do planeta entregarão ao homem do pecado sua autoridade, como vemos claramente em Ap. 17.13, por causa do desespero dos grandes líderes mundiais em frente ao desastre financeiro iminente, entre outros fatores. Um homem que será o suficientemente inteligente para apresentar uma nova moeda, livre dos papeis americanos, ou mesmo um dólar mundial, renovado e com poder de reserva e compra, livre da gerência de um só país.

O que quase ninguém está vendo é que o aumento da dívida americana gera um ciclo vicioso de endividamento, enfraquecimento do dólar, e o mundo cada vez mais se aproximando do colapso precisando de um “salvador” urgentemente. Como Jesus não é do tipo, que eles (os homens) querem, então aceitarão de braços abertos um salvador sem essas manias de santidade, amor ao próximo, humildade; mas um que seja arrogante, altivo e belo, e então cometerão o maior erro de todos os tempos, e coroarão o Anticristo, abrindo o caminho para a grande tribulação.