martes, 20 de noviembre de 2012

Cuidado com o olhar sem-vergonha...

“Tendo os olhos cheios de adultério…” 2 Pe. 2.14.


O Apóstolo Pedro usa essas expressões para, entre outros muitos aspectos distintivos, caracterizar os falsos mestres.

     É interessante observar que o olhar, do servo de Deus, pode falar muito sobre seu caráter, princípios e valores. A Bíblia deixa amplo amparo para essa conclusão, quando afirma que os olhos são a lâmpada do corpo (Mat. 6.22), e que portanto quando são bons, todo o corpo será beneficiado. E, na mesma proporção, quando são maus todo o corpo estará em trevas.
     A palavra de Deus também fala do desejo pecaminoso (concupiscência) dos olhos (1 Jn. 2.16). E a exemplo desse pecado, Jesus também fala dos “olhos cheios de adultério” (Mat. 5.28).
     Nesse contexto é necessário deixar claro que um homem de Deus, um crente de verdade, já não vive nas paixões da sua carne, havendo crucificado a sua natureza pecaminosa com seus desejos e paixões.
     Sendo assim, um homem de Deus não olha para outra parte do corpo de uma mulher, que não seja a dele, se não pra o rosto. Não tem e nem sustenta um olhar lascivo nem carnal. Sequer cai nas armadilhas das desculpas esfarrapadas do tipo “ainda sou homem” ou “é a minha fraqueza...”, ou ainda pior “todo mundo peca”, “estou apenas admirando” e “Deus fez pra ser visto”.
     O olhar do crente deve ser reto, em direção ao que está à frente, deve ser um olhar santo e desprendido dos desejos (de olhos) carnais... (Pr. 4.25). Os olhos de um homem de Deus devem ser, se for casado, dirigidos de forma desejosa apenas para sua esposa e, obviamente, não estará pecando.
     Se você sofre desse mal, vá aos pés de Cristo, confesse o seu pecado, peça o colírio do céu (Ap. 3.18), endireite os seus olhos e vença a sua carne... Mas se você crê que não tem nada de mais, lamento informar-lhe que você ainda está em trevas, e que satanás ainda tem o controle da sua vida (1 Jn. 3.8,9). E se você percebe que aquele “irmão” tem um olhar carnal, mantenha distância desse homem escravo do pecado; e se ele é um líder na obra do Senhor, salve-se por sua vida...

No hay comentarios: