sábado, 13 de junio de 2015

Quando o problema somos nós…

O clima era de adoração, os corações estavam quebrantados e o desejo do rei era agradar a Deus. Todo o povo estava reunido e havia júbilo, dança, festa, o regozijo pairava no ar. De repente, o riso se tornou em tristeza, a esperança em terror e ninguém entendia o que estava acontecendo. Porque a ira de Deus se havia acendido de uma tal forma? Uzá teve morte instantânea. A nova versão internacional afirma que Davi ficou “contrariado”!?. (1 Cr. 13.9,10). O coração do pastor de Israel não ficou da mesma forma, se encheu de tristeza e de medo, então desistiu de levar a arca, que representava a gloria de Deus, para o lugar que havia preparado.
 O que você faria nessa situação? O que você acha que o grande rei e poeta de Israel fez? Exatamente, Davi tomou tempo para orar, deixou o que queria fazer de lado e se dedicou a uma profunda reflexão, mas não podia imaginar qual seria a resposta de Deus. Davi, eu sinto muito, mas o rei é você e o problema está na maneira como você fez o que deveria ter feito! A resposta de Deus pode não ter usado essas mesmas palavras, mas foi isso que ele entendeu, percebeu que o problema não estava em levar a arca, mas a forma como ele queria executar a vontade de Deus era errada, estava em desobediência e colocando em risco a todo o povo. David então descobriu que a lei proibia que carros levassem a arca, os filisteus faziam assim, mas apenas os levitas podiam, em seus ombros, tomar este grande privilégio. Talvez Deus esteja contente com o desejo do seu coração e está disposto a abençoar a obra das suas mãos, mas é essa a forma que Deus quer? Talvez vc, como Davi, precisa tomar um tempo de reflexão, um momento de calma, vá para o jardim, fale com o Senhor, converse com o seu amigo, Ele nunca desistirá de você. Faça o seu coração saltar de alegria outra vez e se preocupe de novo com a Glória.

1 Crônicas 15.15 - “E os filhos dos levitas trouxeram a arca de Deus aos ombros, como Moisés tinha ordenado, conforme a palavra do Senhor, com as varas que tinham sobre si.”


Assuero Chagas do Nascimento – Missionário no Peru.