sábado, 6 de agosto de 2016


Um dos momentos mais difíceis num combate é o esgotamento. Quando sabes o que tens que fazer, queres fazer, mas já não tens forças. Nestes momentos somos tentados a desistir, a olhar pra traz mesmo tendo a certeza de que bem melhor seria vencer. Houve um servo de Deus na Bíblia que num momento assim tomou uma sabia decisão, leia: “E, depois dele, Eleazar, filho de Dodô, filho de Aoí, entre os três valentes que estavam com Davi, quando provocaram os filisteus que ali se ajuntaram à peleja e quando de Israel os homens subiram, este se levantou e feriu os filisteus, até lhe cansar a mão e ficar a mão pegada à espada; e, naquele dia, o Senhor operou um grande livramento; e o povo voltou atrás dele somente a tomar o despojo.” (2 Sm 23.9,10). Cansado? Sim! Rendido? Não! Esgotado? Sim! Derrotado? Jamais! Mãos cansadas, porem pegadas à espada. Aprenda com este herói da Fe que nos momentos de maior esgotamento, quando a batalha fique bem renhida, devemos apegar-nos às promessas divinas; não solte as suas convicções, continue lutando porque Deus não abandonou vc, fortaleça-se no Senhor e alegre a sua a alma porque a alegria do Senhor é a nossa força e lembre-se: Deus não prova ninguém além das suas forças pois nos momentos mais difíceis, quando as forças já não dão, há um claro indicio de vitória, de despojo e de júbilo!
“No demais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder.” Ef. 6.10
“Disse-lhes mais: Ide, e comei as gorduras, e bebei as doçuras, e enviai porções aos que não têm nada preparado para si; porque esse dia é consagrado ao nosso Senhor; portanto, não vos entristeçais, porque a alegria do Senhor é a vossa força.” Ne. 8.10

Pr. Assuero Chagas do Nascimento

No hay comentarios: